“Quando tocamos a sombra”: considerações sobre a sinopse preliminar

Temos uma família composta por quatro membros.

Quanto ao enredo, o que o amarrará será o desaparecimento do filho, ligado à descoberta de que o pai, antes entendido como um simples funcionário público, era sabedor dos meandros daquela unidade do regime militar.

Um sentimento de “traição” entre marido e mulher.

Os personagens ainda serão mais bem apresentados. Há inclusive a possibilidade de, caso não haja de fato uma função, por exemplo, para a filha de 13, eliminá-la do projeto.

Em breve, definirei os nomes dos personagens, bem como outros acessórios.

1 comentário Adicione o seu

  1. Adriana Bruno disse:

    João querido, acho a proposta muito potente. Penso que a personagem de 13 anos possa dar pano pra manga, mas só vc poderá nos dizer!
    Bora lá ler mais essa obra maravilhosa !
    Ansiosa pra mais essa sua produção!
    Bjs da sua fã número 1

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s